Que língua seu conteúdo fala?

Share on facebook
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email
Linguagem De Negócios - UX Academy

A linguagem que você usa na sua comunicação vai de encontro com a que seu público fala?

É normal que, como especialistas no que fazemos, usemos palavras, termos e jargões que têm a ver com o universo do nosso trabalho. Mas, quando o assunto é vender produtos e serviços, isso não pode acontecer.

Com a popularização do Marketing Digital, não é incomum ver pequenas empresas se aventurando, muitas vezes sozinhas, nas redes sociais. O resultado dessa tentativa é um monte de ações e publicações extremamente técnicas, que parecem voltadas a pessoas que realmente sabem do que aquilo se trata. Em outras palavras, especialistas.

Acontece que não é assim que a banda toca. As pessoas podem não compreender o que você está querendo dizer, e aí todo seu conteúdo se torna absolutamente irrelevante para aquela audiência. Ou seja, uma ideia de conteúdo incrível foi arrasada por uma execução terrível.

Construindo relacionamentos a partir da comunicação

O público não é burro. Espera-se que os usuários de internet saibam ler. Mas, isso não significa que tenhamos de ser extremamente técnicos, a ponto de tornar a leitura cansativa e complicada.

Por isso, eu sempre digo que o primeiro passo é conhecer a audiência. Entender o que as pessoas falam, como falam, o que escutam e o que desejam escutar. E mais importante: o que precisam escutar. Ou ler, se você se limitar exclusivamente ao conteúdo escrito. Não tem problema, a lógica ainda funciona.

Quando você entende o seu público, falar com ele se torna muito mais fácil. Pense em uma relação de amizade… Se você acabou de conhecer alguém, as chances do papo fluir normalmente serão bem pequenas. Isso pode mudar se vocês tiverem algo em comum, mas o medo de cometer erros e a falta de conhecimento sobre a outra pessoa são grandes obstáculos para uma conversa mais longa e duradoura acontecer.

Então, o que você faz? É preciso conhecer essa pessoa. Você deve passar mais tempo com ela, interagir mais, se aprofundar no mundo dela, se quiser conhecê-la de verdade. É assim que nos aproximamos uns dos outros, que construímos relacionamentos

Conteúdo escrito por pessoas e para pessoas

É partindo deste princípio que temos que pautar a nossa comunicação. Ainda que sejamos experts no que fazemos, nosso público não é. Temos que tratá-los com empatia e carinho, para que eles possam entender o que desejamos dizer e captar a mensagem do que o nosso trabalho representa.

Seria fácil, para mim, dizer que minha agência de marketing digital trabalha com User Experience, boas práticas de SEO e Copywriting, para começar. Mas, que sentido isso faz na cabeça de alguém que não entende do assunto?

Nenhum. Parece que eu estou enrolando ou querendo falar bonito, mas acabo não dizendo nada relevante. Entende?

É muito mais prático eu dizer que nossa equipe trabalha para gerar relevância a marcas, conectá-las ao seu público e facilitar o encontro entre usuário e negócio no Google, nas redes sociais e no próprio site. Os termos bonitos ficam como complementos, mas têm que ser usados de forma inteligente.

Não adianta simplesmente vomitar um monte de palavras estrangeiras em cima do cliente e esperar que ele saiba do que você está falando. Temos que ser empáticos e trabalhar nossa comunicação constantemente.

Por isso, eu te digo: geralmente não é o que você vende. É como você vende que gera resultados.

Então, te deixo um dever de casa: analise sua comunicação. Reveja como as coisas estão funcionando atualmente, se é que estão. Descubra se você está ou não falando a língua do seu público-alvo. E se tiver dúvidas, já sabe: estamos sempre disponíveis para ajudar!

O que você achou disso?

Clique nos ícones

Média da classificação 5 / 5. Número de votos: 1

Seja o primeiro a avaliar este post!

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos, como podemos melhorar este post?

Confira estas publicações relacionadas!

Cadastre-se! 1 vez por semana no seu e-mail as dicas TOP+

Junte-se ao grupo de empreendedores apaixonados
por inovação e diferenciação de mercado.