Tudo o que você precisa saber para vender mais com SEO

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Seo Avancado - Blog UX4YOU

Sumário

SEO é uma técnica imprescindível no Marketing Digital, e uma das mais requisitadas quando o assunto é vendas pela internet. Muito além de estar nas primeiras posições das pesquisas do Google. Afinal, a inteligência de SEO está aplicada nas principais plataformas digitais do mercado, redes sociais, marketplaces, aplicativos e vários outros motores de buscas.

Então, se você quer aprender a atrair mais clientes usando SEO e aplicar essa técnica em suas estratégias digitais, este artigo é perfeito para você!

Como Funciona Seo - Blog UX4YOU

Para começar vamos a uma breve introdução sobre o que é SEO e como essa prática funciona. Se você já compreende o que é, pode pular para o próximo tópico, onde falamos sobre as técnicas para atrair clientes e aumentar vendas com SEO. 😉 

O que é e como funciona o SEO

Existem inúmeros artigos na internet falando sobre Search Engine Optimization (SEO), mas o que você precisa saber de forma objetiva:

  1. Ele é um conjunto de práticas para trabalhar dados estruturados de forma otimizada nos motores de busca.
  2. Por meio do trabalho de otimização de palavra-chave você é posicionado conforme a sua relevância frente aos demais
  3. SEO não é uma prática a longo prazo, mas de curto e médio prazo (depende da complexidade)
  4. As práticas de dados estruturados é um dos pilares da Inteligência Artificial
  5. As regras (algorítimos) dos mecanismos de buscam estão sempre em mutação e novas regras
  6. Como se tratada de uma disputa por relevância, só se alcança bons resultados através de uma gestão eficiente
  7. O SEO está mais voltado hoje para a experiência do usuário do que para os robôs

Motores de Busca

O motor de busca (search engine) é um programa projetado para buscar palavras-chave fornecidas pelo utilizador de documento e bases de dados. Por exemplo, navegadores (browsers) como Google Chrome, Safari, Opera, Mozzila, Edge entre tantos outros (existem mais de 44 em atividade no mundo). E também sites e aplicativos como Mercado Livre, Uber, Ifood, Netflix. Como mencionei na lista anterior, praticamente todas as aplicações digitais voltadas para informação é fundamentada nas boas práticas de SEO.

Palavras-chave

Palavras-chave (keyword) são o principal instrumento de uma pesquisa e pode ser composto por uma ou mais palavras. As palavras-chave ou termo de busca é a forma como o usuário escreve sua dúvida nos buscadores com o intuito de obter respostas e concluir suas pesquisas.

Veja um exemplo prático:

Marketing Para Contabilidade - Blog UX4YOU
Posicionamento No Google Seo - Blog UX4YOU

Tipos de palavras-chave

Existem, até o momento, 5 tipos de palavras-chave: cabeçalho, cauda longa, navegação, informação e transacionais.

Vou deixar para falar sobre elas em outro artigo, nesse momento quero transmitir a você, uma visão importante, que por falta dela, muitos acabam se frustrando com os resultados.

Cada tipo de mídia, conteúdo tem um conjunto de requisitos específicos conforme sua finalidade. Para ser mais claro, cada tipo de palavras-chave tem a função de mostrar para o usuário os detalhes da sua pesquisa, de forma breve, prática e/ou completa. Se assim como eu, você ama ouvir música, abra seu app favorito e jogue no campo de busca o termo “felicidade”. Vai notar que aparece de instantaneamente abaixo do campo de busca inúmeras opções para completar sua busca, às vezes com outras palavras ou nome do artista a qual aquele resultado pertence. Ou seja: palavra-chave + autor. E nisso vai inúmeras outras possibilidades e métodos.

O importante é você não poluir seus conteúdos, subestimando o nível de inteligência e compreensão desses robôs rsrs. Muitos escrevem títulos e conteúdos forçados, repetitivos e “estranhos” muita das vezes. Por isso, foque no usuário e utilize outros recursos para aprimorar a estrutura dos dados do seu conteúdo.

Estrutura básica de SEO

Os requezitos, que cito a seguir são bem simples, costumamos comparar aqui na agência, como lobo em pele de cordeiro, pois sempre há uma surpresa ou uma armadilha atrelada a cada uma.

  1. Título
  2. Meta Descrição
  3. URL (slug)
  4. Tags (marcações – hashtags por exemplo)
  5. Mídias: Imagens, vídeos, arquivos
  6. Autor
  7. Referências
Seo Ux4you 1 - Blog UX4YOU

Como fazer do Google uma máquina de atração de clientes

Para falarmos sobre esse assunto, primeiro temos que colocar três pontos que andam juntos.

  1. Público Alvo
  2. Seu produto ou solução
  3. Seu funil de vendas

Ter uma visão clara sobre a relação entre esses fatores fará toda a diferença nos resultados da sua máquina de atração de clientes pelo Google.

Resultados de SEO – Público Alvo

Temos sempre que nos colocar no lugar do nosso público. O que ele pensa, sente, espera ao pesquisar por determinada palavra-chave?

Hoje as palavras de calda longa ganham mais relevância, exatamente por focar mais em um objetivo específico. Quanto mais preciso e colaborativo for o seu conteúdo, maiores são as chances de você agradar aos motores de busca e principalmente ao usuário.

O segredo do SEO avançado é ter o conteúdo certo, com a oferta ideal, na hora certa, para a pessoa certa. Risquei a questão da hora, por uma razão bem simples. Conteúdo é rei, ele atuando em cada etapa do funil, se a pessoa não precisa ou sabe que precisa de algo naquele momento, a sua forma de apresentar aquela dor/desejo/necessidade vem a tona, e tudo o que decidimos fazer é questão de prioridade (gatilho mental natural da humanidade).

Você pode saber mais detalhes sobre como definir seu público alvo neste link.

Resultados de SEO – Solução

Sejamos sinceros, conhecer seu produto ou serviço é sua obrigação. Mas está longe de ser a do seu cliente/consumidor. Concorda? Por isso, quando o assunto é SEO, precisamos ir além de pontos básicos da solução. Temos que enriquecer o nível de detalhes.

Veja que legal, é possível iniciar com a estrutura base que aprendemos em nossa época de escola: o que – quem – como – quando – por que. Respondendo essas perguntas, fica mais fácil. Além de ser um ótimo avanço nos resultados de vendas através de SEO em suas estratégias digitais.

Um outro ponto importante que devemos considerar é a experiência do usuário. Como ele vai absorver essas informações? Onde ele pode encontrar sobre elas ou saber mais detalhes? Quanto tempo ele precisa ou dispõe para consumir e processar essas informações? O que ele precisa fazer em seguida? Para onde você deve levá-lo?

Resultados de SEO – Funil de Vendas

Falamos de forma bem aprofundada sobre este tema no artigo de Funil de Vendas aqui no nosso blog.

Como aqui nossa missão é te contar os detalhes mais relevantes sobre como usar as práticas de SEO para construir sua máquina de atração de clientes pelo Google. Vamos ao que importa neste ponto.

ETAPAS DO PROCESSO

O Funil tem sua etapa, e isso diz muito sobre a forma de aplicação da palavra-chave no momento da busca. Que tal um exemplo prático para facilitar sua compreensão? Vamos usar o cenário em que você é dono de uma empresa de compra e venda de carros.

Tenor - Blog UX4YOU

Etapa: Topo do Funil

Momento do usuário: Ainda não sei que existe essa solução ou oportunidade, ou onde encontrá-la. Contudo, estou pesquisando sobre qual seria o melhor carro para viajar.

Palavras-chave: carro – carros para viajar – melhores carro para viajar

Exemplo de Solução

Se você tem um blog, ou um perfil nas redes sociais, você tem diversas opções. Criar dicas para escolher um carro, comparativos entre os melhores carros para viajar, trabalhar, etc.

Com sua estrutura digital bem definida e configurada, esse visitante vai ter o 1º contato com sua marca, e os recursos de monitoramento de comportamento definidos, ajudam você a direcioná-lo para uma ação, ou conhecer mais detalhes.

Neste exemplo que acabamos de dar, o usuário pode se inscrever em sua newsletter. Pode seguir seu perfil, pedir uma demonstração, e tantas outras ações. Tudo depende do…??? Isso ai, público alvo.
Ainda nesse momento ele já pode ver anúncios que levem a sua solução. Vai que ele já esteja inclinado a comprar um carro, por exemplo. Então você pode oferecer uma cotação, ou combinar um test drive. “Vai que cola” 👀

O importante é você ter seus canais bem definidos e o acesso à sua empresa e seus canais de atendimento também. Você precisará investir em bons anúncios, e proporcionar uma experiência matadora em seu conteúdo e ambiente onde ele se apresentou (seu site ou blog, por exemplo).

[GRÁTIS] E-BOOK

Aprenda tudo o que você precisa saber para criar sua máquina de atrair clientes pela internet e aumentar o faturamento da sua empresa!

Essa etapa, as chances de conversão não são tão grandes. Pois, a variação de momento do usuário, verso a amplitude da sua palavra-chave entre outros fatores, são quase infinitos! Aí que o Marketing de Conteúdo e a Automação Digital entram em ação. Automatiza o processo, mantém esse “lead” nutrido e informado. Preparando ele para uma ação de conversão.

Você já deve ter passado pela experiência de pesquisar algo sem a intenção de comprar. Minutos depois seu telefone começa a tocar, seu WhatsApp é bombardeado por vendedores querendo te vender um produto. E olha que, dependendo do termo de pesquisa, não tem nada a ver com aquele produto ou serviço. E qual o resultado, na maioria das vezes? Você bloqueia o número, denuncia como SPAM, ou fica decepcionado com a postura da empresa em relação a sua expectativa. E convenhamos, nos dias de hoje isso acontece, cada vez mais.

Então, é ter paciência e deixar o funil seguir seu fluxo, agora, se ele clicou em um de seus anúncios e se converteu em sua ação. Aí é diferente. Ele mostrou que está mais inclinado.

Não é porque a pessoa baixou um e-book, ou se cadastrou em seu canal que ela quer comprar de você, não naquele momento. Na maioria das vezes o usuário te dá um voto de confiança para você mostrar mais conteúdos e ideias sobre aquele contexto. E confiança não é algo fácil de se conquistar. Ainda mais, quando falamos de empresas de serviços.

Concluindo o Funil de Vendas

É importante respeitarmos cada etapa da jornada de compra, e construir o funil de marketing e vendas ideal para cada solução.

Por isso que reforçamos na UX4YOU, a importância de fazer um planejamento de SEO bem estruturado e completamente voltado para seu canal de aquisição. Muita coisa depende de investimento, e dinheiro não nasce em árvore para ficar atirando para todos os lados. O foco deve ser em resultados e inteligência de dados para seu negócio.

Se você seguir essas diretrizes, terá em “mãos” uma incrível e escalável Máquina de Vendas e Atração de Clientes pelo Google.

Rankeamento no Google: como ele posiciona os conteúdos?

Os itens a seguir, mostram principalmente a avaliação do Google para páginas Web (sites, blogs, lojas virtuais). O que significa que se é o padrão do Google, é tendência para os demais mecanismo também.

  • Título: claro e bem estruturado
  • Meta descrição otimizada: e que contenha a palavra-chave. Trata-se daqueles textos que descrevem os conteúdos ainda na página de resultados da pesquisa realizada;
  • Qualidade da palavra-chave: em relação ao tema proposto e o quão similar ela é em relação aos termos de busca utilizados pelos usuários
  • Densidade, repetição e variação: densidade em que a palavra-chave e suas variações são utilizadas no conteúdo. É preciso estar dentro do contexto, presente no título do post e em seus intertítulos, mas sem ser usada em excesso, para não poluir o conteúdo. Isso garante uma boa densidade de menções;
  • URL amigável e simples
  • Otimização das mídias inseridas no conteúdo
  • Qualidade da escrita: erros ortográficos e regras de uso de palavras de transição e estrutura do conteúdo
  • Tempo de permanência na página: indica que o usuário se interessou pelo conteúdo
  • Taxa de rejeição: para os links que deixaram de ser clicados em detrimento dos outros
  • Número total de sessões: abertas, ou melhor, links sugeridos no conteúdo que foram acessados
  • Taxa de conversão dos CTAs
  • Taxa de compartilhamento social
  • Tempo de carregamento da página
  • Experiência mobile

A lista é bem extensa. Mas estes são os mais relevantes para você saber no momento. Simples ? 🤓

Dicas Bônus

Para você aumentar suas vendas e atrair clientes é trabalhar em cima de SEO de resultados. Um bom posicionamento por palavra-chave não é aquele que gera o maior número de tráfego. Mas sim, aquele que atrai o público qualificado para o seu funil de vendas.

  1. Tenha um site de Alta Conversão
  2. Invista em um blog e marketing de conteúdo
  3. Tenha uma boa plataforma para acompanhar os indicadores do seu tráfego vs conversão
  4. Trabalhe suas ofertas em múltiplos formatos: textos, publicações, vídeos, eventos, materiais, etc
  5. Invista em Google ADS, sua inteligência de posicionamento vai triplicar e garantir que você reduza o valor de mídia com o tempo.
  6. Crie iscas digitais como vídeos, podcasts, e-books, planilhas e infográficos
  7. Trabalhe com conteúdo dinâmico
  8. Procure manter seu domínio
  9. Pratique o uso de backlinks
  10. Estude Marketing emocional e invista em storytelling, copywriting, gatilhos mentais
  11. Aposte em sua comunicação visual. De preferência limpa e funcional
  12. Fale com um especialista em SEO e Gestão de Tráfego para te ajudar a colocar tudo isso em prática e focar no crescimento da sua empresa ou produto. 😎

Conclusão

Espero que tenha gostado desse material. E qualquer dúvida pode contar comigo para te ajudar.

Ah! Se você leu minha publicação sobre Técnicas de Venda Direta, vai lembrar do que reforcei.

Marketing não vende. Quem vende é o vendedor, marketing atrai e prepara o visitante para a ação final.

E isso vale para lojas virtuais também. A diferença é que o vendedor será uma plataforma. 👍

Forte abraço e muita energia para colocar sua máquina para funcionar!

O que você achou disso?

Clique nos ícones

Média da classificação 5 / 5. Número de votos: 30

Seja o primeiro a avaliar este post!

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos, como podemos melhorar este post?

Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email
Compartilhar no print